domingo, 9 de maio de 2010

Óleo de CANOLA faz mal a saúde e pode matar

Atenção quem consome o óleo de CANOLA. Ele faz mal a saúde e pode matar.

O óleo de CANOLA, também conhecido com o nome de COLZA, é uma planta da família das mostardas. Planta essa que foi a fonte de produção do agente mostarda, gás letal usado de forma terrível na Guerra Mundial. O óleo de colza é utilizado como substrato de óleo lubrificante, sabões e combustível, sendo considerado venenoso para coisas vivas: ótimo repelente (bem diluído) de pragas em jardins. Este poder tóxico é proporcionado pela alta quantidade de ácido erúcico que contém. Tem sido usado de forma alimentar no Extremo Oriente, na forma não refinada, e contrabalançada com uma dieta rica em gordura saturada, o que evitaria seus graves efeitos tóxicos.

No entanto no ocidente o objetivo era se produzir um óleo com pouca gordura poliinsaturada, e boa quantia de ácido oléico e omega-3. O óleo de oliva tem estes predicados, mas sua produção em larga escala é dispendiosa.

Aí entram em cena empresas de “intenções lucrativas", como a Monsanto, e produz uma variação transgênica da colza. Para evitar problemas de marketing, usa o nome CAN - OLA (Canadian oil - ou óleo canadense). Isto mesmo: CANOLA é absolutamente transgênica. Sua comparação aos benefícios do óleo de oliva não passa de uma estratégia de venda: o óleo de oliva é bem mais caro, mas a canola é o mais caro do que os outros óleos, apesar de ser uma produção baratíssima! Bom negócio, enfim.

O óleo de CANOLA está longe de ser tão salutar assim como se alardeia alguns cardiologistas ou nutricionistas. O ÓLEO DE CANOLA deixa um cheiro rançoso nas roupas, pois é muito facilmente oxidado. Seu processo de refinamento produz gorduras trans (igual problema das margarinas), relacionadas a graves doenças incluindo o câncer. Produz déficit de vitamina E, antioxidante

natural. Alimentos feitos com canola embolaram mais rapidamente.

As pequenas quantias de ácido erúcico, que ainda persistem na planta alterada, continuam sendo tóxicas para consumo humano, e esta ação tóxica é cumulativa. Existem relatos de inúmeras outras enfermidades ligadas à ingestão e até mesmo a inspiração de vapores de canola (possível vínculo com câncer de pulmão).

Alguns anos atrás várias pessoas morreram envenenados na Espanha, por terem ingerido azeite de oliva misturado com óleo de "colza".

Nos EUA existem ações contra as empresas que fabricam óleo de CANOLA, de pessoas terem sido intoxicadas e até mortas por consumirem esse produto.

A ação nos Estados Unidos contra a Monsanto (empresa que fabrica o óleo de colza) encontra-se no endereço: www.centerfoodsafety.org ou www..gefa.org.

Sobre o relato de médicos americanos estudiosos e indignados sobre a verdade da canola, entre em: www.tetrahedron.org (The truth about canola oil).

O site www.shirleys-wellness-cafe.com/canola.htm

também possui grandes informações sobra os males do óleo de CANOLA.

3 comentários:

  1. Obrigado por esclarecer minhas duvidas a respeito desta planta, já havia ouvido algo sujo sobre esta planta, agora vou retirar este oleo da minha cozinha. Parabéns pelo blog. Muito útil e instrutivo

    ResponderExcluir
  2. tambem achei a materia otima, muito significativa.

    ResponderExcluir